escolha profissional

Escolha profissional

Escolher a profissão a qual se quer trabalhar durante a vida, não é algo simples nem fácil. Mas conheço alguns que desde pequenos sabem muito bem o que querem. E tiro o chapéu para eles. É claro que, com o passar do tempo, as opiniões podem mudar, mas o fato de já terem predefinido uma escolha, me causa alegria e admiração. Significa que eles têm foco e isso deve ser visto com bons olhos.
Outro dia me pediram um conselho durante uma aula de Empreendedorismo e coube a mim, naquele instante, a responsabilidade de, ao menos, acalmar aqueles olhinhos aflitos. Sobre a dúvida de qual profissão escolher, respondi à sala toda (embora a questão tenha provindo de um único aluno) que deveriam estudar e pesquisar muito sobre assuntos que lhes causem curiosidade, alegria e bem-estar, ou seja, o que faz os olhos brilharem e o coração acelerar.
Afinal, dedicar 8 horas do dia a algo que não nos cause prazer seria o mesmo que anular 1/3 de nossa vida.
Já pararam para pensar?!

Gabriela Santos

gabi-3

 

Gabriela Oliveira Santos mora em São Lourenço, é professora de Filosofia, Empreendedorismo e Ética e autora do livro "A inquietação de Juliana", à venda na Banca do Calçadão e livraria " Encanto das Palavras", ambos na cidade em que reside.