“Nosso objetivo está no alto: a felicidade eterna.”

Me. Catarina

História

Uma tragetória… anos de história

Uma caminhada que faz história… vidas que se consumiram e se consomem no labor diário para que outras vidas desabrochem. Isto é uma escola. Assim é o nosso Colégio, na sua história de 71 anos.

Em 07 de dezembro de 1937 chegaram as religiosas Ursulinas para fundar a escola. É a Igreja a serviço da educação, um gesto de audácia.

A escola é criada e registrada na Secretaria de Estado da Educação com o nome de Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, em 24 de março de 1938. Responde, no início, pela direção a sra. Professora Águeda Gomes Pinto, passando-a, algum tempo depois, à religiosa Ursulina, Madre Ambrósia Robig.

Em 15 de outubro de 1940, a Secretaria de Estado da Educação autoriza a alteração do nome do estabelecimento para Colégio Santa Úrsula, nome devido à Congregação das religiosas mantenedoras e em 09 de setembro de 1941 a escola passa a ser reconhecida oficialmente.

Tudo caminha bem até o ano de 1955, quando ordens superiores determinam a retirada das Irmãs Ursulinas, voltando as alemãs para seu país de origem e as brasileiras, para a cidade de Rezende, RJ.

No decorrer daquele ano, tudo funciona graças à vontade do corpo docente, à assistência das Irmãs Franciscanas do Educandário São Lourenço e ao incentivo das pessoas amigas ligadas à educação.

Em fevereiro de 1956, nossa Congregação das Irmãs Franciscanas Missionárias do Coração Imaculado de Maria assume a direção do Colégio na pessoa de Madre Maria Hortênsia Specian e em 1958, por ato do Sr. Governador do Estado, passou o Colégio à denominação de Escola Normal do Imaculado Coração de Maria. Alguns anos depois denominou-se ainda Colégio Normal do Imaculado Coração de Maria, até que em 1975, por ato do Secretário da Educação recebe a denominação que perdura até o momento: Colégio Imaculado Coração de Maria.

Este, o nosso campo. Esta é a terra… uma parcela da Igreja de Jesus Cristo, onde se lança a semente há 71 anos. Alguém disse: “educar é semear em plena noite”. Entretanto, nós, Irmãs Franciscanas, já temos colhido bons frutos desta semeadura. Muitos que por aqui passaram são hoje nossos colaboradores mais de perto, sem contar que mais ou menos uma dezena de alunas ingressou nas nossas fileiras, isto é, na luta de vanguarda ao nosso lado. Neste labor de lançar a semente está o sacrifício, a doação generosa e o entusiasmo de cada Irmã que por aqui passou e a colaboração efetiva de um corpo docente exímio e incansável.

Diretoras que passaram por esta casa de educação:

  • Águeda Gomes Pinto
  • Madre Ambrósia Robig
  • Madre Maria Hortênsia Specian
  • Irmã Maria Zélia de Paula Silva
  • Irmã Maria Clara Rezende
  • Irmã Maria Ezelinda Ribeiro
  • Irmã Maria Leonilde Veado
  • Irmã Maria Isabel de Campos Guerra
  • Irmã Maria Cecília Dias Pementel
  • Irmã Maria de Lurdes Nogueira
  • Irmã Maria Aparecida de Lourdes Cândido
  • Irmã Elza Maria Mirandolina
  • Irmã Maria Leonilde Marta Pire
  • Irmã Elza Maria Mirandolina