papa_29

Sempre procurava ajuda

A Providência divina age também através da mediação de pessoas generosas que fazem chegar ajuda às nossas missionárias, cuja pobreza era evidente, assim como a humildade e a caridade. Mas nem sempre o auxílio era espontâneo e, então, Madre Maria Catarina, pobre entre os pobres, não se envergonhava de estender a mão. Como filha de São Francisco, sabia bem que a esmola enriquece quem recebe, mas, sobretudo, aqueles que doam, porque o Senhor os cumula de bênçãos. Assim, na sua simplicidade franciscana, procura todos os meios, estuda mil possibilidades, rompe todos os protocolos até conseguir abrir algumas portas e encontrar-se com papas, reis, imperadores, ministros, homens importantes que se enamoram da grande ação humanitária dessa pequenina mulher e se transformam em seus maiores benfeitores.

Isabel Luiz